Isto não é uma sátira

Era uma vez
uma princesa.
Gentil e delicada, uma beleza.

 

Ela tinha um pai e
uma madrasta,
que era muito má,
a ofendia moralmente e
obrigava a trabalhar.

 

Nunca mais se ouve falar do pai.

 

Um belo dia
apareceu um príncipe.
Se apaixonaram à primeira vista.
Fugiram e se casaram.

 

A madrasta, que era má,
foi terrivelmente castigada.

 

E todos viveram felizes para sempre.